SABOR DE MABOQUE - NDAPANDULA MAMA ÁFRICA

SABOR DE MABOQUE - NDAPANDULA MAMA ÁFRICA

domingo, 20 de março de 2011

Mãos mágicas

*
Há trinta anos atrás confeccionou o vestido de sua primogênita, dezoito anos depois o de sua caçula, mais doze anos se passaram e agora será a vez de sua única neta usar um modelo nascido de suas mãos hábeis, onde a marca do tempo só parece ter aperfeiçoado a destreza, a perfeição e a magia de juntar retalhos de cetim, forro, tules, rendas e pedrarias, emanando um conjunto digno de ser chamado OBRA DE ARTE
O emocionante privilégio de ver minha filha, fazendo a primeira prova do vestido de noiva, foi incalculavelmente majorado por ter como modista sua própria avó materna, que empresta seu talento e mestria para adonisar a terceira noiva da família, depois de suas duas próprias filhas.
Obrigada mãe pelos momentos inesquecíveis com que presenteou a mim e à Gabi, neste 19/03/2011, enquanto suas mãos recortavam e alfinetavam o que na primeira prova miraculosamente já parecia desnecessário e o sorriso bailava nos seus lábios, iluminando o seu rosto de merecido prazer e orgulho.
*******
*
*******

15 comentários:

  1. Que bonito Dulce! As voltas da história!
    Gostei mesmo desta tua incursão pela memória.

    Andas muito ausente do fcbk... muitas apresentações do livro? Oxalá!

    Os teus amigos bienos sentem a tua falta.

    Beijo
    Viriato

    ResponderExcluir
  2. Que lindo....és uma priveligiada, sabias????

    Guarda essa mãe com todo o carinho do mundo, porque ela merece.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Querida Dulce
    Pelo que percebi a tua filhota vai casar e a tia Zé é que lhe está a fazer o vestido. Uma maravilha ser a Avó a fazer lhe o vestido. Desejo a Gabi as maiores felicidades e tudo do melhor.
    Beijinhos da amiga "madeirense" angolana
    Lena

    ResponderExcluir
  4. com 3 letrinhas apenas se escreve a palavra mãe, é das palavrasé pequenas a maior que o mundo tem :-)

    Um beijo pra ti, outro pra mamãe e ainda outro pra tua filhota :-)

    ResponderExcluir
  5. Há coisas pequenas que se tornam grandes pelo significado que encerram. Elas têm, também, o brilho e a beleza só possíveis de ser usufruídos por aqueles que foram privilegiados com a sensibilidade apurada pela nobreza da alma.
    :)*

    ResponderExcluir
  6. Bonitas palavras para um evento que felizmente se repete, ao longo dos tempos, num espiral de emoções e de alegrias.
    Parabéns!
    Um beijo.
    João Carlos

    ResponderExcluir
  7. Que Mãe fantástica e babada!

    ResponderExcluir
  8. Muito trabalho Viriato e pouco desse precioso e raro produto chamado tempo. Mas pelo que tenho visto também tu és pobre dele:) e também eu senti falta dos teus hilários comentários "facebokianos", qdo dei uma espiadinha por lá na semana passada.
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  9. Uma dádiva Parisiense, poder tê-la jovem, saudável, bonita e conviver diáriamente!
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Percebeste bem minha querida Lena! Demais não é?
    Beijos para ti e teus pais

    ResponderExcluir
  11. Sempre perspicaz e gentil Espumante, mas neste caso não haveria alma que não se enternecesse perante a cena!:)*

    ResponderExcluir
  12. João,
    Mudam a ordem de algumas etapas, mas o objetivo é o mesmo e talvez até mais consciente do que nós o fizemos...TOMARA...! De qualquer maneira tem sido muito bom estar curtindo cada detalhe das passadas que tem sido dadas.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Que benção Divina!
    Ficarei esperando ver aqui a foto das três, no dia...
    Um abraço triplo e carregado de Boa energia!
    beijo, filipa

    ResponderExcluir