SABOR DE MABOQUE - NDAPANDULA MAMA ÁFRICA

SABOR DE MABOQUE - NDAPANDULA MAMA ÁFRICA

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Deliciosa simplicidade!

(clique na foto para ampliar)
*

Lugar de lixo é na lixeira, certo?
Nem sempre!
Se durante a construção de minha casa, um dos pedreiros não tivesse deixado os despojos de sua sobremesa, displicentemente caídos sobre a terra fértil de meu jardim, hoje não teria meus vizinhos e os pedestres que passam em frente à minha casa, boquiabertos com a cortina de mangas que cascateia o muro.
Já no ano passado, esta mangueira foi prodiga em sua prole, porém a praga da mosca branca tolheu-me o prazer de degustar seus frutos, lindos por fora, mas quando descascados... completamente comprometidos.
Este ano, decidida a não mais vivenciar tal frustração, procurei técnicos que me orientaram a colocar na árvore, iscas que atraíssem as moscas e assim as afastassem das atrativas flores.
Disposta a não ceder minhas mangas para a praga, fui a uma casa comercial, especializada em produtos agrícolas, onde fui atendida por Bruno, um rapaz de porte corpulento, contrastando com o olhar meigo e fala mansa com forte sotaque caipira, daquele que arrasta o “r”, sem pressa, de maneira lânguida e língua enrolada, como só os norte americanos e os paulistas do interior do estado o sabem pronunciar.
Com a mesma calma e atenção, com que Bruno me ouviu contar o problema do meu pequeno mangueiral e o relato do conselho que havia recebido sobre as iscas químicas, ele de forma pachorrenta disse-me:
-Oh...dona...nois temu uma isca natural muito boa.
-Melhor ainda Bruno. Que isca é essa?-Perguntei-lhe eu com redobrado interesse.
-É mer~r~rda dona.
E sem demonstrar nenhum tipo de constrangimento ou reação ante meu ar de espanto, pegou um objeto na prateleira lateral e continuou calmamente encostado ao balcão:
-A senhora compra esta ar~r~r~madilha aqui, que parece uma for~r~r~ma de pudim virada de ponta cabeça, em cima de um prato e antes de piiindurar~r~r ela na ár~r~r~rvore, coloca a mer~r~r~rda no prato. As mosca num resiste à mer~r~r~rda, entra pelos buraquinho entre o prato e a for~r~r~ma e como elas só avoam pra cima, elas não consegue mais sair~r~r~r e morre tudo de canser~r~ra.
A esta altura, tentando quase sem sucesso, aprisionar uma avassaladora vontade de gargalhar, me surpreendo mais uma vez, ao percebê-lo um excelente promotor de vendas do produto, quando ele arremedou meu questionamento sobre o aroma do produto:
-Num precisa se preocupar~r~r~r~r, isto é bão demais. A senhora pindura um só, longe da casa, que dá pró jardim todo.
E antes que pudesse me refazer ele pergunta:
-Oh dona, a senhora tem churrasqueira em casa?
Ainda atordoada, aceno a cabeça positivamente, ao que ele arremata:
-Xiiii, então a senhora vai gostar mesmo da mer~r~r~r~rda...as mosca vai tudo nela e num sobra nenhuma pra incomodá nas car~r~r~rne.
Descrente e estremunhada, agradeci a atenção e saí.
Porém, ainda do carro, pelo celular, fui informada que Bruno não só era um bom vendedor, como também o tão em moda ecologicamente correto e sim, o produto à base de dejetos e feromônios é uma isca irresistível, fato que me fez manobrar o carro novamente em direção à loja , comprar o engodo para moscas e usá-lo, para agora colher e saborear mangas deliciosas*.

*
*****
*

11 comentários:

  1. O Brrrrrruno só não eisplicou sobre a merrrrrda que errrra de quem. Estimo e venero que, entretanto, as mangas * mantenham o seu papel fulcral na história e que o banheiro se mantenha disponível. Sem moscas...
    :)*

    ResponderExcluir
  2. Adorei ler esta cronica. Parecia uma maluca, rindo sem parar na frente do computador. Eu sou de Piracicaba...rsrsrsrsrs, e só não falo mais arrastado, porque me mudei com 12 anos para São Paulo.
    Beijos
    Irene

    ResponderExcluir
  3. :)))))))))))...eu sabia que um dia dariam serventia à tal coisa.
    Parabéns pelo humor.
    Abraço bieno
    Álvaro Vieira

    ResponderExcluir
  4. Dulce
    E mais uma vez se prova que não é com vinagre que se apanham moscas.....
    è mesmo com Merda!
    Beijocas daqui do Biè virtual

    ResponderExcluir
  5. Dulce querida
    Estou as gargalhadas aqui.
    Merrrrrda danada de boa.
    Beijinho

    Lucia

    ResponderExcluir
  6. Dulce, a capa da edição portuguesa esta MARAVILHOSA!
    marcoscmsilveira

    ResponderExcluir
  7. Dulce querida amiga
    Venho desejar um natal iluminado e abençoado pelo menino Jesus para você e sua família. Que haja muita paz, alegria e fé nesse natal.
    Beijinhos

    Lucia

    ResponderExcluir
  8. Que texto mais engraçado!
    Estive aqui a sorrir do princípio ao fim.

    Muitos beijinhos para ti.

    ResponderExcluir
  9. Joaquina Aguincha Fonseca21 de dezembro de 2011 16:33

    Querida amiga Dulce,
    Que descrição espetacular~r~r~r. Como não poderia deixar de ser de quem tem o dom da escrita como tu. Adorei, pois por muito que já tenha lido e ouvido em termos agronómicos, esta foi a mais deliciosa narrativa de um tratamento preventivo da mosca da fruta. Espero que te delicies com essas mangas e aproveito para te desejar Um Santo Natal e um Ano 2012 pleno de sucessos pessoais e profissionais".Beijinhos Quinita
    PS:Já li o teu livro e com muito prazer. Agradeço por me fazeres recordar vivências que nos são tão comuns.

    ResponderExcluir
  10. Fico aguardado que me envie uma ou duas pelo correio... ;-)

    Que tenha sido um Feliz Natal por aí.
    Beijos.

    ResponderExcluir