SABOR DE MABOQUE - NDAPANDULA MAMA ÁFRICA

SABOR DE MABOQUE - NDAPANDULA MAMA ÁFRICA

domingo, 5 de setembro de 2010

Nêsperas

Nespereira do meu jardim 05/09/2010
*
******
*
Obrigada natureza do meu jardim,
Que me transportas ao sabor da infância,
Às lembranças tão esmaecidas,
da nêspera degustada no alto do galho acrobaticamente escalado,
do beijo adolescente roubado à sombra de tua copa,
Ao sonho tão recente de ser feliz.
*
*******
*

11 comentários:

  1. esta tbém me faz lembrar da infância. Subir no muro, pular na árvore e continuar a subir para conseguir o maior número desta deliciosa fruta. Puxar a casca com a ponta do dente e guardar os caroços no bolso para conferir que comeu mais, rsrsrs... uma disputa entre vizinhos peraltas, hahahaha... o tempo maravilhoso!!!!
    Dulce, vá me visitar no bazar que farei no condomíno da minha mãe dia 18 e leve uma dessas para eu saborear o doce do seu jardim!!!!! Que tal???
    Amei a idéia!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Dulce
    Não dá para acreditar que você mora dentro da cidade! Que delicia deve ser colher do pé e comer! Estou com a boca cheia de água.
    Beijo
    Irene

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Talvez um dia nos ocorra perguntar
    Porque razão os tugas se aventuraram no Ultramar
    Onde, e aqui a pergunta se alevanta,
    Puderam vir até a governar.

    Uma razão será esta, estou bem crente,
    Para que algures, num anónimo quintal,
    Se desse a provar a alguma gente
    Nêsperas com caroço de alma tropical!

    Nota: Divagação poética de pé quebrado (bem quebrado, reconheço...) sobre nêsperas, fruto cujo nome arrevesado e plebeu não faz jus às recordações prazenteiras e nobres que, aparentemente, elas te suscitam :))) ***

    ResponderExcluir
  5. Desculpa ter removido o comentário acima mas não consegui atinar com a forma de alinhar as estrofes, saiu tudo em linha contínua. Mas, puxando dos meu galões de tipo que percebe "imenso" disto :)))) lá consegui alinhar minimamente as linhas... alinhar as linhas... alinhar linhas??? Hummm, tou aqui tou a remover este comentário também, isto hoje está um "desalinho" completo :)))
    ***

    ResponderExcluir
  6. Também tem uma nespereira, Dulce? Diga-me o que é que não tem no seu jardim? - (Pergunta de uma pessoa muito invejosa...) ;-D

    ResponderExcluir

  7. Juro que farei o possivel para ir e se for levo nêsperas!:)))
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Irene
    Pode acreditar, moro a 10 minutos do centro da cidade e hoje minha sobremesa pós almoço foi amoras colhidas no pé!É um previlégio mesmo, você tem razão!.
    beijo

    ResponderExcluir
  9. Oh Espumante
    Na próxima colheita, juro que lhe encomendo antes a divagação poética, que com seu consentimento porei aos pés de meu rudimentar registro fotográfico. Pensando melhor acho que porei no cabeçalho:)))*

    ResponderExcluir
  10. Luísa
    Não tenho cerejas :((( (resposta de uma pessoa frustrada:))). bjs

    ResponderExcluir
  11. Dulce, pode me mandar as nésperas por correio mesmo, rsrsrsrsrsr...... ou pela Gabi, que tal???? Um maboque seria bom tbém!!!! rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs.
    Beijos!!!!!

    ResponderExcluir